Blog Projeto Bebê da Tati - www.projetobebedatati.blogspot.com

terça-feira, 27 de setembro de 2011

A (s) Menina (s) e o Gato - ( Ou a Tati e o Gato...rsrs)

Boa noite, meus amores...

Ai gente, depois do dia de cão que eu tive hoje, fora os outros bichinhos que precisei enfrentar durante o dia – rsrsrs – só me resta postar um vídeo legal para vocês. E para mim também...porque eu adorei!

Eu estava procurando sobre animais e bebês. Eu tenho um gato persa himalaio, que mora dentro de casa (lógico! Dããaããã...rsrs). Como vocês sabem é uma figura; agora mesmo eu entrei no banheiro e ele veio empurrando a porta para ficar junto comigo.

É super companheiro...amigo...parceiro (mais que algumas pessoas que conhecemos).

Sei que muita gente não gosta de gatos; Os gatos não são tão dóceis quanto os cães; tampouco ficam nos bajulando à toa. Mas quando eles gostam da nossa companhia, do nosso colo, eles vêm. Sem pedirmos, sem chamarmos...mas também não queira apertar, sufocar, obrigá-lo a fazer o que não gosta, que ele não fará meeeeeesssmoooo! Me identifico demais com os gatos. Gosto de ter liberdade; sei dos meus compromissos, sempre cumpro-os, mas não me aperta, não seja injusto comigo, que eu vazo! Rsrs

O Cicinho é assim. Eu amo demais esse gatinho. E quando o Dani ou vó ressuscitam aquela conversa de que eu tinha que doar o gato quando tiver bebê, eu fico muito chateada. Não quero abandoná-lo, nem doá-lo de jeito nenhum. Quero que os meus filhos aprendam a conviver com os animais, a respeitá-los. E creio que com os gatos, aprendam, inclusive, a serem mais independentes; Entenderem que nem todo mundo vai sair te amando, te bajulando, só porque tu tens lindos olhos azuis! Rsrsrs

Então, vasculhando a net à procura de bons argumentos, localizei esse vídeo no site “Mãe de Cachorro também é Mãe”. Um moça que enviou para ela publicar. É muito interessante.

Depois eu vou comentar a lição que eu também aprendi e passarei para a futura prole! Rsrs

Olhem que vocês vão gostar, com certeza:

  video

Fonte: http://www.maedecachorro.com.br/2011/09/menina-e-o-gato.html

Já pensaram se a mãe brigasse com o gatinho? Expulsasse ele da casa?

Ela provavelmente criaria um filho homofóbico, agressor de pessoas ou animais, alguém que se acharia o dono da razão!

O que que ela fez: deixou a filha resolver seu problema sozinha. Quem errou foi a menina, embora sem ter a noção disso. Mas a mãe explicou que somos diferentes; Não só nós pessoas (ou não! rsrsr), como também os animais.

O mundo seria tão bom se as pessoas respeitassem as diferenças, não se achassem os “reis da razão”! Vocês não acham?

Moral da história: o gato FICA! Rsrsrsrsr

Adoro vocês! Obrigada pelo carinho de sempre...pelos comentários no face, os e-mails que eu recebo...cada vez me incentivam mais...obrigada, obrigada, obrigada...
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário, sua opinião são muito importantes para mim. Obrigada. Grande abraço.