Blog Projeto Bebê da Tati - www.projetobebedatati.blogspot.com

sábado, 10 de setembro de 2011

Video engraçadinho - Bebês de roller, dançando...rsrsrs

video

Dúvidas sobre tratamentos de Infertilidade

Gente, achei muito interessante esta seção do site do Projeto Cegonha e resolvi transcrevê-la aqui no blog.

Eu sempre falo que é na prática que se aprende realmente a teoria e este post é sobre isso. Todas as mulheres acham que podem engravidar. Algumas vivem anos evitando uma gravidez indesejada e quando realmente pretendem engravidar, se deparam com os problemas e não sabem o que fazer (meu caso rsrs).

Quem se prepara para problema relacionado a algo que está evitando (digo evitando, no sentido de evitar mesmo...tomando anti concepcional); quem vai se dedicar a estudar sobre infertilidade, se seus objetivos atuais são focar no trabalho, terminar a  faculdade, as vezes estar no inicio do relacionamento ou envolvida em um relacionamento conturbado? Ninguém!

Para terem ideia, mesmo nos fóruns de “tentantes”, muitas mulheres não sabem o que é uma Fertilização in vitro. E elas já estão nesta etapa da vida. Muitas vezes eu entro no fórum, vejo que é um fórum de tentantes “máster” rssrs...e pergunto: Meninas, alguma de vocês também fará FIV? Recebo perguntas do tipo: O que que vem a ser isso? E eu fico pensando: claro que as pessoas não têm culpa de não saber...somos criadas para procriar (ou não... rsrs)...mas naturalmente.

As mulheres da minha idade, ou aprenderam pesquisando quando notaram que havia algo de errado ou na prática mesmo..depois de exaurirem possibilidades e terem sido clinicamente encaminhadas para a fertilização.

As mais moderninhas (e mais novinhas também...rsrsrs), podem ter aprendido até na escola. Em genética, Biologia.

Por isso resolvi transcrever esta parte do site do Projeto Cegonha, pois é muito esclarecedor. Facilitará muito a vida de quem está dando os primeiros passo, nesta jornada de pesquisas, que inicialmente é solitária e carregada de dúvidas, medos, ansiedade.

Segue então:

Dúvidas Frequentes


• Qual a diferença entre inseminação artificial e Fertilização in vitro?

Inseminação artificial é um processo mais simples indicado quando as trompas da mulher funcionam corretamente e o sêmen é normal ou pouco alterado. São usadas doses baixas de medicação para induzir a ovulação. O processo é acompanhado por ecografia e do dia certo o sêmen é coletado, preparado no laboratório e injetado no útero da mulher. A união entre o óvulo e o espermatozóide ocorre normalmente no corpo da mulher.

 Já na fertilização in vitro, a dose de medicação necessária é maior para induzir a ovulação. O processo também é acompanhado por ecografias seriadas e eventualmente algum exame de sangue para dosagem hormonal. No dia correto é realizada uma punção ovariana. Os óvulos são recolhidos e levados ao laboratório, enquanto o homem faz a coleta do sêmen que também é levado ao laboratório. A união dos gametas acontece, portanto, dentro do laboratório. Esse processo é indicado, entre outros casos, para pacientes com lesão de trompas ou alterações de sêmen mais graves.

• Quantos embriões podem ser transferidos numa fertilização in vitro?

O número de embriões a serem transferidos deve ser discutido caso a caso, mas em linhas gerais, mulheres com até 35 anos de idade está indicada a transferência de no máximo dois embriões. Mulheres com mais de 35 anos podem receber até 3 embriões e mulheres com mais de 40 anos podem receber até 4 embriões.

• O que é feito dos embriões excedentes?

Se o casal desejar o excedente de embriões de boa qualidade pode ser congelado para uma transferência posterior.

• As técnicas atuais – inseminação ou fertilização- são capazes de garantir a gravidez?

Nenhuma técnica, sob nenhuma hipótese, garante em 100% a gestação.

• Qual a chance de ter gravidez de gêmeos?

A gemelaridade não é um objetivo dos tratamentos de reprodução assistida, pois sempre é uma gestação com maior risco de complicações como trabalho de parto prematuro, baixo peso ao nascer, etc. Entretanto sempre que transferimos mais de um embrião temo uma chance de mais de um bebê. Isso pode ser totalmente evitado se decidirmos transferir apenas um embrião. Isso deve ser discutido entre o casal e o médico assistente.

• Posso escolher o sexo do bebê?

As técnicas que permitem a escolha do sexo do embrião em humanos envolvem apenas casos de fertilização in vitro e são reservados a casais com risco de transmitir doenças graves ligadas ao sexo como a hemofilia. A técnica é chamada de Diagnóstico Pré Implantacional e é realizada uma biopsia no embrião. Isso fragiliza o embrião e diminui as chances de gravidez.

• O bebê de fertilização in vitro é perfeito? Está livre de qualquer risco de má formação?

A gestação oriunda de uma fertilização in vitro clássica ou de uma inseminação artificial tem os mesmos riscos de uma gestação espontânea, assim como os riscos de doenças e más formações no bebê. Crianças nascidas de Fertilização in vitro com Injeção Intracitoplasmática de espermatozóide (ICSI) têm em torno de 1% de chance má formação

• Qual é a minha chance de engravidar?

A chance de gravidez de um casal depende de diversos fatores. Os mais importantes são: o tempo que o casal está tentado engravidar, a causa da infertilidade e, o mais importante de todos, a idade da mulher. Considerando-se apenas a idade da mulher colocamos abaixo as chances globais de gravidez.

Faixa Etária
Chance de Gravidez
Abaixo de 30 anos
40-50%
31-35 anos
30%
36-40 anos
10-20%
Acima 40 anos
menos de 10%

No mais queridas (os), estarei aqui. Não sou “expert”, mas estarei em contato com médicos e poderei ficar esclarecendo as dúvidas remanescentes.

Ainda estou na etapa “juntar o dinheiro” rsrsrs...mas todo o meu tratamento, desde a primeira injeçãozinha, será compartilhada com vocês, através desde modesto blog rsrsrs.

E tenho planos de não parar com o nascimento do bebê...até porque para as mães os filhos são sempre bebês rsrs...não precisarei nem trocar o título do blog rsrsrs.

Amores, no próximo post mostrarei os exames. Ainda não consegui digitalizá-los.

E quero colocar uma foto da Santa Sara que ganhei da minha mãe. Linda, lindas... (a Santinha e a minha mãe rsrsrs).

Até breve...

Bjinho.